6 de maio de 2020

Como economizar ao viajar para fora

Quem pensa em viajar para fora do país sabe que essa costuma ser uma atividade cara e, por isso, é preciso encontrar alternativas para economizar.

Se antes essa era uma opção apenas para pessoas com alto poder aquisitivo, atualmente, é possível viajar para qualquer lugar do mundo com um planejamento bem-feito e com a ajudinha de um cartão de crédito.

As agências de viagem oferecem alternativas cada vez mais interessantes, permitindo parcelamentos variados para seus clientes realizarem o sonho de viajar para o exterior. 

Mas mesmo quem deseja organizar a viagem por conta própria, há uma série de recursos possíveis para a compra de passagens e para a reserva em hotéis. 

Viajar para diferentes destinos é uma oportunidade interessante de aumentar o conhecimento sobre várias culturas, experimentar diferentes culinárias, e colecionar boas fotos. 

Muitos dos principais pontos turísticos do mundo são objetos de desejos dos viajantes: Torre Eiffel, Coliseu, Taj Mahal, Machu Picchu, Central Park, Estátua da Liberdade, Big Ben e Cristo Redentor são apenas alguns dos principais.

Por isso, junte as suas economias, prepare a sua necessaire personalizada brinde, separe algumas trocas de roupa e embarque para um destino que certamente marcará a sua lembrança para sempre.

Este conteúdo foi elaborado para ajudar você com dicas sobre como economizar em viagens para fora do Brasil. Quer saber quais são elas? Então siga na leitura deste artigo. 

Como começar a organizar a sua viagem?

Se você quer viajar mas sabe o quanto isso pode estar fora do seu orçamento, saiba que não é necessário suspender a ideia. Com uma organização eficiente, é possível ir para qualquer lugar do mundo. 

A palavra-chave para isso é: planejamento. Assim como pode ser necessário juntar uma determinada quantia nos seus gastos mensais para fazer uma tradução juramentada, para agendar uma viagem nas suas férias o processo deve ser o mesmo. 

Pegue caneta e papel e comece a organizar as suas ideias:

  • Para onde você quer ir?
  • O que é preciso para passar alguns dias nesse local?
  • Qual valor poderá ser gasto com esses itens?
  • Quantos dias é possível ficar fora?
  • Como posso economizar?

1 – Para onde ir

Certamente você já possui uma pequena lista de lugares que deseja conhecer. Esses destinos podem ser internacionais, mas também podem ser nacionais. 

Por isso, o primeiro passo para começar a organizar a sua viagem é decidir o local para onde você vai e começar as suas pesquisas sobre os pontos turísticos mais famosos, organizando um roteiro interessante para visitar por lá.

2 – O que é preciso para uma estadia no local

Existem alguns elementos básicos para que a viagem ocorra de modo tranquilo. A alimentação, a hospedagem e os meios de transporte são alguns dos principais.

Os destinos internacionais, algumas vezes, exigem que o visitante faça um seguro saúde, para ter maior tranquilidade caso precise de serviços médicos durante a sua estadia. 

Há países que recomendam também o uso de máscara de proteção respiratória, para a segurança dos seus visitantes.

3 – O orçamento para a viagem

Se você vai viajar, é preciso saber o quanto é possível gastar de acordo com o seu orçamento pessoal. 

Ao saber o destino e quais elementos são necessários para passar alguns dias fora, é possível começar a fazer uma reserva financeira para o pagamento da viagem, além de contar com a ajuda do cartão de crédito para o parcelamento de alguns serviços. 

Mas não se esqueça de planejar também esses gastos. Afinal, se você tem um parcelamento ativo de uma capa térmica para piscina adquirida anteriormente, é preciso calcular o valor que poderá ser gasto no seu cartão. 

4 – Quantos dias ficar fora

Com dados mais precisos em relação ao seu orçamento, é possível prever quantos dias você poderá ficar no local de destino. 

Isso também pode ser medido de acordo com o tamanho das suas férias. 

5 – Como economizar na viagem

Para viajar com conforto e poder aproveitar o momento, não é necessário se hospedar no hotel mais caro do seu destino ou fazer suas refeições nos restaurantes mais renomados do país.

Há uma série de dicas que ajudam a economizar na sua viagem e permitem aproveitar o passeio de modo especial. Confira algumas delas a seguir. 

Dica 1: Economizando com a hospedagem

Um hotel cinco estrelas pode estar completamente fora do seu orçamento, mas não é por isso que não dá para encontrar uma hospedagem com preço atrativo e instalações confortáveis. 

Uma opção em que é possível apostar é ficar em um hostel, que possui preços bastante interessantes para quem quer economizar, ao mesmo tempo em que você pode fazer novas amizades. 

Esses locais, geralmente, oferecem uma estrutura compartilhada, que pode ser bem completa, com aluguel de impressoras caso você precise imprimir algum documento durante a viagem, vaga de garagem para carros alugados, serviço de lavanderia, etc.

Ao pesquisar com a antecedência de alguns meses, é possível encontrar promoções de diárias ou mesmo um pacote com tarifas reduzidas para viagens fora de temporada. 

Dica 2: Economizando com o transporte

Certamente você já ouviu de amigos ou parentes que é possível encontrar passagens aéreas com preços bacanas durante a madrugada. E isso é verdade. 

Algumas companhias oferecem descontos nos preços de vários trechos nacionais ou internacionais bastante vantajosos. 

Há também plataformas na internet que permitem pesquisar as passagens em vários sites de companhias áreas ao mesmo tempo, para optar por aquela que cabe no seu bolso. 

Outra opção pode ser recorrer aos ônibus de viagem, que costumam ser mais em conta do que viajar de avião.

Para se locomover no seu destino, consulte as opções de tarifas do transporte público do local. Alguns países oferecem bilhetes econômicos para a compra de um número maior de passagens, por isso, pesquise as alternativas disponíveis. 

Dica 3: Economizando com alimentação

Comer fora de casa sempre é um dos fatores que mais pesam no orçamento pessoal. Essa é uma realidade para quem está em casa ou para quem está de viagem. 

Por isso, uma dica importante para economizar com alimentação é fazer a sua própria comida, principalmente se você decidiu optar por uma hospedagem em apartamento ou casa, como as encontradas em sites especializados nessa área. 

Caso isso não seja possível, é importante buscar alternativas menos custosas. 

Em pontos turístico de grandes cidades, é possível encontrar stands para feiras de alimentação com a comida típica do local por preços baixos. 

Dica 4: Economizando com bagagem

As determinações atuais de algumas companhias aéreas permitem que o passageiro leve a bagagem de mão sem custo, porém, é preciso pagar para despachar malas maiores. 

É muito comum que os viajantes escolham boas roupas para o seu passeio, levando calças jeans, camisa polo uniforme, vestidos, blusas de frio, regatas, meias, roupas íntimas, etc.

Mas é importante levar apenas o necessário. Por isso, se você vai passar cinco dias no seu destino, calcule quantas trocas de roupas serão feitas, e não se esqueça dos itens de higiene e documentos indispensáveis para a viagem.

Dessa maneira, a sua mala fica mais leve e você não precisa ter um gasto extra com o despacho de bagagem. 

Outras dicas

Pensando em outras circunstâncias da sua viagem, algumas ideias podem ser estratégicas para aproveitar melhor o tempo e ajudar ainda mais na economia. 

Deslocamento estratégico 

Uma delas é pesquisar acomodações perto de grandes centros, para que o acesso ao transporte público, a supermercados e outros estabelecimentos seja mais simples. 

Em geral, os hotéis muito próximos de grandes pontos turísticos podem apresentar preços altos. Ao buscar por opções com dois ou três quarteirões de distância, você pode encontrar diárias mais vantajosas.

Além disso, se o seu destino turístico é tido como um local que oferece produtos e serviços caros, uma alternativa é escolher um hotel em cidades próximas das capitais, diminuindo esses custos com hospedagem. 

Mesmo os hotéis em locais mais afastados podem ser seguros ao contar com instalação de cerca elétrica, câmeras de segurança e bastante iluminação no entorno.

Afinal, para atrair mais clientes, esses estabelecimentos investem em uma infraestrutura completa, oferecendo café da manhã, áreas de lazer com piscina e academia, e internet wi-fi, o que torna o pacote de diárias bastante interessante para o viajante. 

Dinheiro extra

Está precisando de um dinheiro extra para viajar com maior tranquilidade? Que tal aproveitar o tempo que resta antes da sua viagem para fazer serviços freelancers ou revender artigos de beleza e cosméticos, por exemplo, para juntar uma grana a mais?

Além de complementar a sua renda, você pode conseguir um valor para utilizar em entradas de museus ou pontos turísticos, e até garantir um jantar no restaurante mais conhecido do seu destino ou para trazer lembranças para os amigos e familiares. 

Planejar a sua viagem com antecedência, utilizando as dicas mencionadas neste artigo, vai fazer com que você desfrute de um passeio memorável e de modo bastante econômico.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.