13 de março de 2020

Overbooking: o que é e como receber dinheiro de volta se recorrer

 Viajar para algum local sempre demanda bastante planejamento e organização, e caso isso seja interferido de alguma forma pode prejudicar ao todo a viagem, fazendo com que a pessoa se sinta desconfortável diante de tal situação, quando isso ocorre por parte individual de cada pessoa, como algum caso de doença ou outro tipo de impedimento pessoal pode até ser compreensível, mas quando isso ocorre pela companhia aérea, como em casos de overbooking, o que foi tão planejado pode virar um grande pesadelo, sendo uma responsabilidade total da companhia arcar com a situação.

   O overbooking embora seja algo um tanto complicado para o cliente que passa pela situação, é bem comum atualmente, necessitando de bastante atenção das companhias aéreas quanto a venda de passagens e organização de voos a fim de que isso não ocorra com frequência, evitando ao máximo esse tipo de situação constrangedora. Vamos agora conhecer tudo sobre o overbooking e como reagir em situações como essa sendo consumidor.

O que é overbooking

   O overbooking pode ser traduzido de forma livre do Inglês como o excesso de reservas, que ocorre quando a empresa responsável pela venda de passagens excede o valor real de comportamento do avião, no caso de passagens aéreas, e assim a pessoa fica impossibilitada de viajar caso seja um dos clientes da compra excedente.

   Isso ocorre quando a companhia prevê uma determinada taxa de desistência, e quando essa desistência não ocorre ela deve de alguma forma ressarcir os clientes que foram prejudicados ou ainda fazer uma remarcação da data ou horário da viagem o mais rápido possível dentro dos parâmetros que o cliente exigir.

Como as companhias devem agir

   Em casos onde ocorrer overbooking a companhia deve agir o mais rápido possível para que o cliente possa ser ressarcido do seu problema e ter a sua situação resolvida rapidamente. Se você comprar uma passagem de uma companhia e em algum momento sofrer overbooking, deve pedir o seu dinheiro de volta caso deseje fazer a mudança para outra companhia aérea, tendo assim o reembolso da sua passagem, sendo direito seu e dever da companhia que lhe atende no momento, e ainda receber indenização por danos morais se o cliente se sentir lesado a tal ponto diante da situação.

Situações em que passageiros podem ser retirados do avião

   Existem situações em que os passageiros podem de fato ser retirados do avião e não ser considerada uma prática de overbooking, de acordo com o Código Brasileiro da Aeronáutica, se existir algum passageiro que comprometa a boa ordem, disciplina, ponham em risco a segurança da aeronave ou ainda das pessoas e bens que estão a bordo no momento. Caso isso não tenha ocorrido, e o passageiro tenha que sair por algum motivo fora isso, o cliente pode pedir indenização, e caso ele saia porque não há vaga para ele, sendo que pagou pela passagem, há overbooking e ele também pode recorrer.

Como recorrer em casos de overbooking

   Para recorrer em casos de overbooking o cliente deve se dirigir diretamente a companhia aérea que comprou a passagem e pela qual se sentiu lesado, pedir o reembolso que é de obrigação da companhia pagar para que possa comprar a passagem aérea em outra companhia ou ainda apenas desistir da viagem, e indenização, o cliente pode ainda remarcar a viagem para uma data mais próxima ou horário mais próximo de acordo com pedido pessoal, sendo que a companhia aérea tem o dever de cooperar em resolver a situação o mais rápido possível.